"É um péssimo cozinheiro aquele que não pode lamber os próprios dedos" William Shakespeare

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Blogueira e cozinheira? Sim!!!



Me perguntaram porque gosto de escrever?
Respondi que talvez seja pelo mesmo motivo que amo cozinhar. Cozinho, preparo algum prato já pensando em como coloca-lo no blog, em como passar para quem me lê, o mesmo entusiasmo, a mesma adrenalina que está comigo naquele momento.
Pois é, amo ler, amo escrever e simplesmente sou louca por cozinha. Sou cozinheira, no local em que trabalho posso estar "Chef ", mas na verdade sou mesmo é cozinheira. Adoro a empolgação da minha parceira de trabalho Anne Ellen ao ver a valorização da cozinha brasileira, sempre tendo novas idéias que vão direto para a "caixinha de sugestões" que ela tanto curte. 
Não que eu seja velha (ai, isso dói), mas já tenho memórias, "tempos atrás", história, memória gustativa, tenho "estrada". Estes dias conversando com minha irmã, lembramos do pão frito e do bule gigantesco de café que nosso avô fazia, do arroz delicioso, do ovo cozido que a Barbara adorava. Então, viu como estou ficando velh.....madura....rs. Este amadurecimento é ótimo, faz com que tenhamos histórias, causos, piadas e lembranças para contar. Hoje vejo meus filhos terem as mesmas reações (emoções) que tínhamos quando crianças, hoje vejo minha filha Maria Eduarda simplesmente devorar meu arroz dizendo  assim: "Mamãe, você faz o melhor arroz do mundo", acredite, isto não tem preço. Mas, voltando ao motivo de eu ter um blog sobre gastronomia,  o fato é: sou cozinheira, atuo na área e amo o que faço, então resolvi unir o útil ao agradável, e poder passar, ou ao menos tentar, aos meus leitores, as experiências e delicias que encontro e faço. Segredo??? Não tenho, nunca recusei dar uma receita, uma dica, pelo contrário, faço questão de ir à mesa de um cliente que me solicita, e explicar tim tim por tim tim a receita.
Como sempre digo...se existe um segredo nas coisas que faço, é não ter segredo. Quero passar, contribuir, que isto cresça e apareça, quero deixar lembranças boas, e qual a melhor forma de fazer isso do que cozinha? Isto se chama MEMÓRIA GUSTATIVA. Reunir a família, amigos, uma boa comida, um bom vinho, tudo isso é cozinha, é ingrediente que marca o paladar e os afetos. Duvido alguém que na vida não experimentou algo e voltou no tempo, duvido ter comido algo que não tenha dado aquela saudade gostosa.
Estive recentemente no restaurante Dalva e Dito do Alex Atala, e eu que sempre me questionei o porque deste cara ser o quarto melhor restaurante do mundo com o DOM. Sai de lá com a boca caladinha e com toda certeza reverenciando o Atala pela competência daquilo que faz. Não é apenas a comida, mas o "todo", atendimento, local, comida e etc, resumindo o cara tem o dom (me perdoe o trocadilho)..rs.
Quero ter o dom também, o de agradar meus filhos, meu marido, família e amigos, deixar lembranças boas, gustativas ou não, experiências, passar esse amor pela culinária para meus filhos e para quem não conheço, como aquela pessoa que acessa o blog lá no "fundinho" do Brasil e consegue sentir a mesma energia que sinto quando preparo algo.
Quero passar alegria, amor e harmonia, tudo isso é possível pelo simples ato de cozinhar e saborear. Então, para você que já frequenta o blog, meu obrigada e para quem está chegando, meu obrigada também e fique à vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário